Biografia

BIOGRAFIA – BRUNO GANEMforum2

Bruno Ganem mudou-se com a família para Indaiatuba, ainda muito pequeno, aos seis anos de idade. É natural de São Paulo, nasceu em 15 de setembro de 1986. Filho dos empresários Raul Ganem Júnior e Clarice Carassol Arevalo Ganem.

Cresceu nos bairros Jardim Olinda e Jardim Regina. Estudou nas escolas estaduais Randolfo Moreira Fernandes, Aurora Scodro Groff, Colégio Monteiro Lobato, Dom José de Camargo Barros e Colégio Objetivo.

Foi escoteiro entre 1994 e 2007, com o Grupo Escoteiro Indaiá, onde criou com amigos o “Grupo Associação a Vida”, cujo lema era “Plante uma árvore e colabore com o Brasil”.
Aos 14 anos teve seu primeiro contato com a política municipal, quando encaminhou uma reivindicação para a instalação de um orelhão público no Jardim Regina.
Aos 17 anos foi cursar Engenharia de Produção na Universidade de São Paulo (USP), onde participou ativamente da Poli Jr. (empresa Júnior da Escola Politécnica da USP), realizando consultorias técnicas e projetos, sendo eleito Diretor de Mercado.

Em 2007 fundou em Indaiatuba o “Movimento Jovem”, que tem o intuito de melhorar Indaiatuba com a inserção do jovem no meio político e social. Foi do Movimento Jovem que surgiu o desejo de se filiar ao Partido Verde.

Foi também em 2007 que criou seu primeiro abaixo-assinado, solicitando a instalação de câmeras de segurança na cidade.

Foi eleito vereador aos 22 anos, em 2008, com 1055 votos. Em seu primeiro mandato apresentou 15 Projetos de Lei, dos quais se destaca a Lei da Bituca, que obriga restaurantes, bares a fornecerem cinzeiros defronte ao estabelecimento. Foram 308 indicações e 1771 ofícios.

Desde o início de seu mandato assumiu uma postura próxima de seus eleitores, fazendo encontros nos semáforos da cidade e nos bairros, reunindo mais de 20.000 sugestões.

Organizou 50 reuniões de Cidadania na Câmara de Vereadores, debatendo assuntos como meio ambiente, segurança, saúde, e educação, entre outros.

Criou a Comissão Metropolitana de Viracopos (2009) e a Comissão Popular de Trânsito e Transporte (2011).

Em 2012, foi o vereador mais votado da cidade, com 6.202 votos. Até dezembro de 2015 foram apresentados 57 Projetos de Lei, dos quais se destacaram leis sobre a criação do Sistema de Calçada Ecológica, sobre a instalação de acentos para os usuários em estabelecimentos bancários e a celebração do Maio Amarelo, campanha para redução dos acidentes de trânsito. Foram 375 indicações, 1697 ofícios e 24 requerimentos.

Casou-se com Cintia Rohde, farmacêutica e bioquímica, em janeiro de 2013. Mora com a esposa, atualmente no Jardim Santiago.
Nesse mesmo ano criou o Conselho Bruno Ganem, que tem como objetivo auxiliar nas decisões de sua legislatura como vereador, assim como mandar sugestões e reivindicações.

Iniciou, também em 2013, seu ciclo de palestras sobre a lei de crimes ambientais, explicando o artigo 32, que denuncia a violência contra os animais de uma forma geral.

Com o apoio das manifestações populares conseguiu mobilizar a Câmara para a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do BVA, que visava investigar a relação entre a Prefeitura e o Banco BVA, instituição financeira que detinha R$ 53,3 milhões de investimentos feitos pela atual administração entre 2010 e 2012.
No final de 2013, chegou a ser o político brasileiro com o maior número de seguidores no Facebook, com cerca de 1 milhão de seguidores.

Em 2014, foi candidato a deputado estadual, obtendo 50.124 votos, sendo 32.726 de Indaiatuba. Recebeu votos em quase todas as cidades paulistas, totalizando 491 municípios.
Tornou-se presidente municipal do Partido Verde em março de 2016, e membro da Executiva Estadual do Partido Verde em maio.

Em 31 de julho de 2015, anunciou sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Indaiatuba.

Logo em seguida, em outubro de 2015, realizou o I Fórum Planejando o Futuro de Indaiatuba, tendo a segunda edição do evento em maio de 2016, lotando o auditório da Câmara Municipal, registrando a participação de cerca de 500 pessoas.