Estão avançadas as obras do novo prédio do Fórum de Indaiatuba. A construção é possível graças a recursos enviados pelo deputado Bruno Ganem à Justiça da cidade. Por causa da estrutura, duas novas varas cíveis foram instaladas em Indaiatuba, aumentando a capacidade de atendimento e resolução de casos da Justiça. O deputado visitou as obras em fase final juntamente com o vereador Ricardo França.

“É muito bom vermos esse projeto saindo do papel”, afirma Ganem. “Havia décadas que o Fórum precisava de uma atenção do poder público e nós conseguimos trazer as emendas necessárias para que este novo prédio fosse construído, trazendo benefício direto para a população da nossa cidade”, completa. Ao todo foram enviados para a cidade mais de R$ 1 milhão em emendas especificamente para a nova construção do Fórum.

“Essa obra é fundamental para o Fórum ter um atendimento mais humano, mais ágil e melhor para a população da nossa cidade”, afirma o vereador Ricardo França. “Isso é muito importante para as pessoas de Indaiatuba e é uma forma de valorizar o Poder Judiciário por parte do nosso deputado”, analisa. A inauguração do novo prédio deve acontecer ainda este ano.

Novas varas em Indaiatuba

Em abril foi realizada a cerimônia de instalação das novas varas em Indaiatuba. A 4ª Vara será de responsabilidade do juiz Dr. Glauco Costa Leite e a 5ª do Dr. Thiago Mendes Leite do Canto. Na ocasião estiveram presentes representantes do Judiciário, OAB de Indaiatuba, membros do poder público municipal e do Ministério Público e Tribunal de Justiça. “Tenho muito orgulho em ter contribuído para mais essa melhoria que beneficiará diretamente toda a população de Indaiatuba”, afirma Ganem.

Recursos para saúde, educação e segurança

O deputado Bruno Ganem enviou para todas as áreas da cidade. Na saúde foram disponibilizados recursos para uma ambulância, exames na Upa e equipamentos no Haoc, além da nova ala oncológica. Na educação, todas as escolas estaduais da cidade receberam recursos para reformas, assim como emendas para compra de equipamentos por parte da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, com ferramentas modernas e uma viatura.

Categorias: Justiça

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.