Bruno Ganem apresenta proposta para melhorar combate à dengue, zika e chikungunya

dengueMelhorar a capacidade de resposta às epidemias de dengue, zika e chikungunya. Esta a proposta do vereador Bruno Ganem (PV) apresentada à 17ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada na noite desta segunda-feira, 13. A proposta foi aprovada por unanimidade pelo Plenário.

De acordo com a proposta, apresentada sob forma da Indicação número 0647/2016, será realizada a distribuição de repelentes para pessoas com casos suspeitos das doenças. Desta forma evita-se que o mosquito transmissor das três enfermidades, o aedes aegypti se contamine e transmita os vírus a mais pessoas.

A proposta vem no mesmo mês em que a cidade confirmou, por meio do Instituto Adolfo Lutz, o seu primeiro caso de zika vírus, em uma gestante de 26 anos no Jardim João Pioli. A ideia, ressalta o vereador do PV, é reduzir o potencial de transmissão das doenças, mais comuns nos meses quentes e chuvosos. “É mais uma forma de combate à dengue, zika e chikungunya”, afirmou Ganem. O objetivo é que a medida seja estudada agora nos meses considerados interepidêmicos, quando diminui a quantidade de mosquitos.

“Tenho certeza que é uma forma eficiente de combate em que se reavalia a fórmula adotada para evitar a doença. Outras cidades já estão adotando medidas preventivas com resultados muito bons para que as doenças não registrem crescimento geométrico”, explica. “No município, quando uma pessoa está infectada, os mosquitos que existem a sua volta podem não estar. Esta medida pode colaborar para evitar a infecção de mais mosquitos e ocorrência de mais casos das doenças”, continuou.

A adoção da distribuição dos repelentes reduziria, afirmou Ganem, a possibilidade de transmissão dos vírus para familiares e vizinhos das pessoas infectadas. Até o final de abril, o Brasil já havia registrado, segundo o Ministério da Saúde, 802 mil casos de dengue. Zika, segundo o Ministério, foram 91.387 casos prováveis da doença e 39 mil casos de chikungunya. Os dados constam de boletim do Ministério da Saúde distribuído à época.

Outras indicações

Além desta proposta, na mesma Sessão, o vereador apresentou e teve aprovadas as indicações de número 0648/2016, que prevê a realização de melhorias na região da Estrada do Fogueteiro (Recanto Campestre Internacional de Viracopos) e a de número 0667/2016, sobre a concessão aos funcionários públicos do abono pecuniário, de acordo com o Artigo 125 do Estatuto dos Funcionários Públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *